Previsão Eficiente do Posicionamento Futuro de Nós em Redes Móveis

Nome do Aluno: 
Local: 
Sala 1B132, Bloco 1B - térreo
Banca examinadora: 
Prof. Dr. Lásaro Jonas Camargos (Orientador) - FACOM/UFU
Prof. Dr. Rafael Pasquini (Coorientador) - FACOM/UFU
Prof. Dr. Pedro Frosi Rosa - FACOM/UFU
Prof. Dr. Magnos Martinello - INF/UFES

A habilidade de prever onde nós podemos estar em um futuro próximo, pode possibilitar novas aplicações em Redes Ad-Hoc Móveis (MANET). Por exemplo, conteúdo pode ser gerado para um consumidor em potencial em cenários de computação pervasiva ou congestionamentos de tráfego podem ser previstos e prevenidos. Neste trabalhos introduzimos dois algoritmos para previsão de posição futura de nós em uma rede móvel, PheroCast e ToD-Pherocast. O algoritmo de Previsão Baseada em Feromônios (PheroCast), é um algoritmo leve para realizar predições online da posição futura de um nó baseado em seu histórico de movimentação. PheroCast, no entanto, não leva em consideração variações no padrão de movimentação ao longo do dia, usando o histórico do passado da mesma forma.

Por exemplo, em um cenário em que o mesmo nó viaja todos os dias de manhã, mas raramente à tarde, PheroCast dará o mesmo ou mais peso para o dado da manhã enquanto estiver prevendo a viagem a tarde, o que provavelmente levaria a uma previsão errada. Devido a tal limitação, desenvolvemos o Time of Day Pherocast, ou ToD-Pherocast, uma versão estendida do algoritmo original que leva em consideração o tempo enquanto executa as predições, dando mais ênfase à história do movimento em janelas de tempo similares.

Finalmente, apresentamos uma avaliação de desempenho considerando três cenários: (i) previsão da posição de ônibus, cujo comportamento esperado é regular; (ii) previsão de posição de táxis, que aparentemente levaria a baixa taxa de acertos; e (iii), mobilidade de pessoas em relação redes sem fio, que usou rastros coletados pelo grupo de pesquisa do autor. Nossas avaliações mostram que o ToD-PheroCast é até 4.41% melhor que o PheroCast no cenário dos ônibus, em que alcançou acurácia de mais de 85%, e 0.72% melhor no cenário dos táxis, alcançando uma acurácia de até 89.17%. Finalmente, no cenários de previsão de redes sem fio, ToD-PheroCast atingiu 81.02% de acurácia. Esses resultados mostram não só que a previsão da posição é possível nos cenários, mas que pode ser realizada rápida e acuradamente.